Entre traços, palavras e cores

O artista Gonzalo Ivar Cárcamo Luna, ou simplesmente Cárcamo, nasceu em 8 de fevereiro de 1954, em Los Angeles, uma pequena cidade ao Sul do Chile. Antes de concentrar-se nas artes plásticas, tendo a aquarela como sua melhor técnica de expressão, ele percorreu uma longa trajetória como ilustrador, atuando com desenho animado, publicidade,  jornalismo e literatura.

O interesse precoce pelo desenho foi sedimentado ainda na adolescência, na escola,  rabiscando em cadernos ou no quadro negro. Produzia caricaturas de colegas e professores que nem sempre aprovavam o resultado do debochado estilo.
 

Iniciou o curso de arquitetura, no Chile, mas decidiu transferir-se para o Brasil em 1976, País que adotou desde então.


Em São Paulo, trabalhou em agências de publicidade, produtoras de desenho animado até que em 1986 começou a publicar caricaturas no histórico jornal Pasquim, incentivado pelo cartunista Jaguar e pelo caricaturista Luis Trimano.

 

A seguir, surge o convite para a exposição "Faces", no Rio de Janeiro, ao lado dos grandes caricaturistas do Brasil: Trimano, Loredano e Chico Caruso.

 

Em 1989, a publicação de suas caricaturas na revista Gráfica, dirigida por Oswaldo Miran, impulsiona sua carreira na área editorial. Passou a ilustrar para importantes jornais, revistas e livros no Brasil, na Espanha e no Chile, conquistando alguns prêmios tanto como caricaturista como ilustrador.


A partir do ano 2000, aliou a escrita à paixão de pintar aquarela e de ilustrar livros para crianças. Ele publica, então, seus primeiros livros: “Modelo vivo, natureza morta” (Paulus, Berlendis & Vertechia), “Lorotas da Cobra Gabi ”, “ A Fantasia do Urubu Beleza” (Melhoramentos) , “Thapa Kunturi” e “Gelo nos trópicos” (Companhia das Letrinhas).

 

O artista ainda ilustrou e adaptou os contos “O amigo Fiel”, de Oscar Wilde,  (Berlendis & Vertecchia) ,  e “De quanta terra precisa o Homem”, de Liev Tolstoi" (Companhia das Letrinhas) e “Fábulas de Liev Tolstoi", traduzidas do russo pela primeira vez para o português e organizadas por Ana Sofia e Tatiana Mariz.


Além de ilustrar livros, Cárcamo gosta de pintar ao ar livre e dar aulas de aquarela em seu atelier situado no coração da Vila Mariana, em São Paulo.


Show More

Lines, words and colors

 

Artist Gonzalo Ivar Cárcamo Luna, or simply Cárcamo, was born on February 8th, 1954, in Los Angeles, a small town in Southern Chile. Prior to dedicating to plastic arts, where watercolor has become his favorite technique of expression, he had had a long career as an illustrator, working with cartoons, advertising, journalism and literature.

 

His early interest in drawing was formed still during adolescence, in school, doodling on notebooks or on the blackboard. He sketched caricatures of classmates and teachers who not always approved of the result of his flippant style.


He started studying architecture, in Chile, but decided to move to Brazil in 1976, the country he has adopted since.

 

Then, there came an invite to join exhibition “Faces”, in Rio de Janeiro, along with Brazil’s greatest caricaturists: Trimano, Loredano and Chico Caruso.

 

In 1989, the publication of his caricatures in Gráfica magazine, directed by Oswaldo Miran, boosted his career in the publishing industry. Cárcamo then started making illustrations for important newspapers, magazines and books in Brazil, Spain and Chile, receiving some awards both as caricaturist and illustrator.


As of 2000, he combined writing to his passion for painting watercolors and illustrating children’s books. He then published his first books: “Modelo vivo, natureza morta” (Live model, still life; Paulus, Berlendis & Vertechia), “Lorotas da Cobra Gabi “ (Tricks of Gabi, the Snake), “A Fantasia do Urubu Beleza” (Beleza, the Vulture and His Costume;  Melhoramentos), “Thapa Kunturi” and “Gelo nos trópicos” (Ice in the Tropics, Companhia das Letrinhas).

 

The artist has also illustrated and adapted Oscar Wilde’s “The Devoted Friend” (Berlendis & Vertecchia) and Liev Tolstoi’s “How Much Land Does a Man Need” (Companhia das Letrinhas) and “Fables For Children”, in their first translation from Russian to Portuguese, and organized by Ana Sofia and Tatiana Mariz.


In addition to illustrating books, Cárcamo enjoys painting in the open air and giving watercolor painting lessons at his studio at the heart of Vila Mariana, a district in São Paulo, Brasil.